Acessibilidade 5 Alto contraste 6

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Notícias

Municípios conhecem ferramenta do Estado para repasse de dados e informações sobre Covid-19

administração - Publicado em 25/05/2020 às 15:30 - Atualizado em 28/07/2020 às 15:27


Créditos: FECAM Baixar Imagem

Os municípios catarinenses terão acesso à base de inteligência de dados utilizada pelo governo estadual, para orientar as ações regionalizadas de combate ao novo coronavírus. A ferramenta foi apresentada pelo governador Carlos Moisés, na webconferência sobre a descentralização e regionalização das ações e combate ao Covid-19, que ocorreu na sexta-feira (22).

A ferramenta vai apresentar dados oficiais, atualizados e monitorados em tempo real. Nesta semana, os indicadores e a forma de utilização da ferramenta serão debatidos com os municípios para que as operações tenham início a partir de junho. Ela é resultado do trabalho intersetorial entre técnicos do Governo do Estado e de diversas entidades, como Ministério Público de Santa Catarina, Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Catarina, Social Good Brasil e Data Science Brigade.

Com a ferramenta, o Estado atende uma demanda solicitada pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam) desde o início da pandemia. As entidades municipalistas pediam maior acesso aos dados e às informações sobre o comportamento do vírus e a estrutura de saúde no território catarinense, a fim de auxiliar os gestores municipais na tomada de decisões.

No momento em que os municípios passam a ter um papel ainda mais importante na estratégia das ações de combate ao coronavírus, a novidade foi recebida com otimismo. “Parceria e diálogo com os municípios é fundamental. Vamos trabalhar alinhados, comprometidos e vamos juntos buscar soluções para todos os desafios nos diferentes setores”, disse o presidente da Fecam, prefeito Saulo Sperotto.

Na ocasião, o prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, falou também sobre o transporte coletivo. "Pedimos a oportunidade de regular conforme a realidade de cada município", disse. Segundo o governador, o desafio é manter os avanços e a abertura dos estabelecimentos que já foram autorizados, como também permitir a retomada de outras atividades com segurança.

Para o presidente da AMMVI, Matias Kohler, prefeito de Guabiruba, a ferramenta do Estado vai auxiliar os municípios e a região do Médio Vale na tomada de decisão. "É uma oportunidade de protagonismo dos municípios no controle e no combate ao novo coronavírus", salientou.

Participaram da reunião secretários de estado, prefeitos, gestores da saúde, procurador-geral de justiça e outras autoridades.

 

Com informações da Fecam


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar