• ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Notícias

Sul e Sudeste recebem alerta contra a Febre Amarela

saúde - Publicado em 20/01/2020 às 15:42 - Atualizado em 20/01/2020 às 15:42


Créditos: Fotos Públicas Baixar Imagem

Em Benedito Novo, a Secretaria de Saúde comunica baixa cobertura da vacina que está em torno de 30%. A responsável pela Vigilância Epidemiológica do município, Marcia Hennich, ressalta que a dose pode ser tomada nos horários de rotina das unidades de saúde

 

Como início do verão, o risco de contágio das doenças transmitidas por mosquitos é ainda maior. O Ministério da saúde faz alerta especial às populações do sul e sudeste devido à contaminação em macacos. Até a primeira quinzena de janeiro, foram registradas 38 mortes de macacos nessas localidades, sendo 34 mortes no Paraná, 3 em São Paulo e 1 em Santa Catarina. As informações são do último boletim epidemiológico publicado pelo Ministério da Saúde. 

 

O secretário de saúde, Ronie Loewen , explica a relação do macaco com a febre amarela e alerta à população sobre a necessidade de informar à secretaria sobre casos de mortes de macacos.

 “Estamos preocupados com a baixa quantidade de pessoas vacinadas no município. Precisamos lembrar que o macaco é o principal hospedeiro e vítima da febre amarela, ele funciona como vigia para indicar se o vírus está presente na área. O morador que encontrar esse animal morto, precisa informar à secretaria através do telefone 47 3385 0344”, alerta o secretário.

 

Os moradores de Benedito Novo que não possuem a vacina, podem procurar as unidades de saúde de segunda à sexta das 8h às 16h30, com exceção da unidade Barra São João,  em que a vacinação ocorre somente às quintas feiras das 8h às 16h30.

 

 

Por Assessoria de Comunicação

 

 

 


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar