Acessibilidade 5 Alto contraste 6

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Município

Energia Elétrica

Publicado em 14/11/2014 às 10:04 - Atualizado em 19/02/2019 às 10:44

 

 

 

A cooperativa de energia elétrica de Santa Maria tem sede na praça Tercilio Longo, no distrito de Santa Maria. Vários fatores foram preponderantes na criação da cooperativa. Entre eles, a experiência na construção de pequenas usinas, que num período de 10 anos havia crescido e porque muitos moradores não possuíam energia elétrica e, portanto, a necessidade de ampliação da rede era inevitável.

Conforme Marcos Persuhn, presidente da cooperativa, um dos motivos para que a comunidade se organizasse sozinha na construção da usina, é que na época, o governo do Estado não tinha interesse de levar a energia até a pequena localidade por ser muito distante, ser um distrito pequeno e essencialmente rural. “A comunidade decidiu tomar a iniciativa de formar a cooperativa que hoje se transformou em sucesso”, ressalta Persuhn.

Mas a história da criação da cooperativa começa bem antes da década de 60. Na verdade, segundo Abramo Odorizzi, hoje falecido, um grupo dez pessoas, compraram um pequeno dínamo, na tifa de rio Lima, vindo diretamente da Alemanha, que serviu para abastecer em torno de 10 propriedades. Com o tempo houve um desgaste do maquinário e este queimou. “Nessa época, fomos buscar energia de Harry Schmidt. A energia era pouca e não deu para todo mundo e assim surgiu a cooperativa”, recorda Abramo.

A primeira usina construída foi no salto de Santa Maria era pequena, e comportava apenas um gerador de 0,25 megawats. Em 1975, viu-se a necessidade de ampliar esta usina e foi anexado mais um gerador de 0,25 megawats. Conforme o presidente atual da CEESAM, Marcos Persuhn na década de 80, a energia gerada era insuficiente  por causa da instalações de indústrias em Santa Maria e foi preciso comprar energia da CELESC.

No ano de 1986, a cooperativa construiu uma nova usina em Alto Benedito , que foi inaugurada em 1989. Em 1992, mais uma usina geradora foi construída naquela localidade. Em 1998, começa a construção da usina de Santa Maria, que ficou pronta em 1999,. As duas usinas de Alto Benedito geram 2.7 megawats de energia e a de Santa Maria, 2.2 megawats.

Atualmente, o consumo da cooperativa de energia elétrica de Santa Maria é de 500 kilowats/mês, sendo que três milhões de kilowats são vendidos para o setor público.

A usina de Santa Maria tem 1400 metros de extensão de dutos, com uma queda líquida de 183 metros , consumindo 1400 litros de água por segundo e gerando 2.2 megawats. Essa energia seria suficiente, ressalta Marcos Persuhn, para abastecer as cidades de Benedito Novo e Dr. Pedrinho tranqüilamente. As usinas de Alto Benedito possuem queda da 50 metros , com 153 metros de extensão cada, em dos dois dutos, que abastecem dois geradores juntos que geram 2.7 megawats, energia suficiente para abastecer duas cidades do porte de Rodeio e Ascurra.

A CEESAM é que fabrica seus próprios postes e cruzetas de cimento. Todo serviço de manutenção e redes novas também é feito pelo próprio pessoal qualificado da cooperativa. A cooperativa atende duas localidades, Santa Maria que consome 35% da energia distribuída, e Alto Benedito, que consome 65% da energia distribuída.

A energia elétrica para os cooperados, ou seja, aquelas pessoas que compram energia elétrica da cooperativa é 65% mais barata que o valor das outras concessionárias de energia elétrica do Estado, isso se dá ao fato que a cooperativa produz a própria energia que vende.